Logo
Setor Agroalimentar

A Indústria Agroalimentar em Portugal tem cada vez mais vindo a afirmar-se como um dos pilares da economia nacional, revelando-se fundamental para a estratégia de crescimento do país.

Caracterizado pela criação de produtos inovadores, assentes em dinâmicas produtivas altamente tecnológicas, o setor agroalimentar permitiu a Portugal acompanhar a mudança de hábitos dos consumidores, a consequente confiança dos consumidores nos produtos portugueses bem como sua a imagem no estrangeiro.

Em Portugal, a indústria Agroalimentar é a que mais se tem desenvolvido face aos outros setores, apresentando uma oportunidade de crescimento exponencial para os investidores.

Principais produtos com potencial exportador:

Imagem
Setor transformação de plásticos para o setor alimentar

Os plásticos embalam mais de 50% de todos os produtos alimentares, mas correspondem apenas a 15,2% do peso total das embalagens no mercado, em resultado da sua leveza.

Os plásticos permitiram à Indústria das Embalagens a criação de novas embalagens assentes em processos inovadores e novas tecnologias, de tal modo que este material acompanha, por vezes, todo o ciclo de vida de um produto, estando presente desde a sua elaboração, preparação, embalagem, transporte, armazenamento, distribuição e até ao consumo final, como se verifica muitas vezes na indústria alimentar.

A versatilidade das embalagens de plástico é muita e bastante diversificada, pois pode ser adaptada a qualquer necessidade e constantemente melhorada no desenvolvimento dos próprios produtos e também dos hábitos e necessidades dos diversos tipos de consumidor tendo em conta os estilos vida de cada um.

Estima-se que nos países em desenvolvimento, 50% dos de bens alimentares perdidos está ligada às falhas e constrangimentos na cadeia de distribuição, em particular devido às limitações das embalagens. Nos países industrializados, o cenário é diferente, reduzindo essas perdas a 2%.

Imagem